NOTÍCIAS

Para diretoria do São Paulo,caso Ganso segue script à risca


As seguidas declarações do presidente do Santos de que só libera Ganso mediante o pagamento da multa rescisória não esfriam o entusiasmo de dirigentes são-paulinos.

 No Morumbi, a avaliação é de que tudo está dentro do script. O blog ouviu de três fontes que o roteiro traçado pelos são-paulinos previa a reação negativa de Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro e o descontentamento de Ganso com o dirigente. Até as afirmações de Ney Franco sobre a expectativa de contar com o meia estavam dentro dos planos.

Essa sequência de fatos era tida como necessária por cartolas do São Paulo para desgastar a relação do jogador com dirigentes e torcedores do Santos.

Com a situação de Ganso ficando insustentável na Vila Belmiro, os são paulinos acreditam ser possível Laor, como é conhecido o presidente do time do litoral, aceitar um valor inferior à parte do clube na multa rescisória sem despertar a ira de sua torcida.

No cenário imaginado pelos tricolores, após tanta tensão, os torcedores vão querer a saída de Ganso. Assim como integrantes do Comitê Gestor do clube, que ajuda o presidente a administrar o Santos.

Na Vila, porém, o discurso continua sendo de que a posição da diretoria não irá mudar e de que não há jogada ensaiada para se desfazer do meia

Fonte:UOL esporte